COVID-19 mudou significativamente nossos hĂĄbitos online

Internet

VocĂȘ pertence Ă  categoria de pessoas que passam mais tempo em dispositivos mĂłveis, mĂ­dias sociais e internet durante a quarentena devido ao COVID-19; EntĂŁo vocĂȘ pertence Ă  maioria, de acordo com um novo relatĂłrio.

A plataforma de gerenciamento de mĂ­dia social, Hootsuite (Vancouver), em colaboração com a agĂȘncia NĂłs somos Social (Londres) e a agĂȘncia comercial capa (Singapura), publicou o relatĂłrio EstatĂ­sticas globais do Digital 2020 para abril de 2020.

Eles participaram da pesquisa usuårios de 17 países. Os usuårios foram abordados em março de 2020 e solicitados a responder perguntas sobre mudanças no comportamento durante a quarentena.

O relatório enfatiza a mudança de håbitos da Internet, pois a pandemia do COVID-19 fechou a maioria das pessoas em casa.

Os pesquisadores usaram dados de vårias fontes para fazer uma comparação confiåvel entre os países.

O “uso digital” aumentou significativamente entre abril de 2019 e abril de 2020. Embora a população total tenha aumentado apenas 1,1% (82 milhĂ”es), o nĂșmero de usuĂĄrios celulares aumentado por 2,5% (128 milhĂ”es). Seus usuĂĄrios Internet aumentou contra 7,1% (301 milhĂ”es) e usuĂĄrios ativos mĂ­dia social aumentou contra 8,7% (304 milhĂ”es).

Atualmente, existem 4,20 bilhĂ”es de usuĂĄrios em todo o mundo que tĂȘm acesso Ă  Internet por telefones celulares. Como estamos trancados em casa, passamos mais tempo em nossos telefones celulares.

TrĂȘs em cada quatro usuĂĄrios da Internet (76%) relataram passar mais tempo em seus smartphones. 45% usam mais laptops e 22% usam seus tablets.

EntĂŁo, o que fazemos na Internet?

Quase trĂȘs em cada cinco (57%) relataram que assista a mais shows e filmes em serviços de streaming. Quase metade gasta mais tempo com mĂ­dia social (47%) e em serviços de mensagens.

AlĂ©m disso, 47% dos usuĂĄrios relataram passar mais tempo nas Ășltimas semanas compras online [Î±ÎłÎżÏÎ­Ï‚ ÎłÎčα Ï†Î±ÎłÎ·Ï„ÏŒ (33%) Îź ΔίΎη ÎżÎčÎșÎčαÎșÎźÏ‚ Ï‡ÏÎźÏƒÎ·Ï‚ (29%)].

Isso resultou em aumentar o tråfego em sites de supermercados 251% nas primeiras seis semanas de 2020. Pelo contrårio, observou-se Redução de 71% nos locais turísticos.

Um em cada trĂȘs (39%) relatou mais uso dos serviços de streaming de mĂșsica, mais uso AplicaçÔes MĂłveis (36%) e mais videogames (35%)

Os usuårios também relataram que gostariam de ver programas específicos.

Quase metade dos usuårios (47% mulheres e 50% homens) queria mais filmes e quase um terço (35% mulheres e 30% homens) queria repetiçÔes de programas de TV clåssicos populares. Apenas 11% dos usuårios queriam mais atualizaçÔes de blogueiros e vloggers.

COVID-19

Além disso, muitas pessoas fazem Pesquisas COVID-19 (18 das 20 buscas diziam respeito ao COVID-19 e sua evolução).

Finalmente, houve um aumento no uso aplicativos de teleconferĂȘncia.

No entanto, quando a quarentena terminar, nosso comportamento on-line mudarå novamente. Os pesquisadores descobriram que haveria uma redução no uso da tecnologia.

Apenas um em cada dez (10%) pretende gastar muito tempo em aplicativos mĂłveis e de videogame.

A atividade de Internet e mĂ­dia social continuarĂĄ a crescer, mas em taxas mais baixas do que agora.