Coronavírus, produção do iPhone não será adiada: a palavra da Foxconn

Podemos continuar cumprindo todas as obriga√ß√Ķes de produ√ß√£o global. Esta √© a declara√ß√£o da Foxconn, uma das principais empresas que monta os iPhones da Apple. A empresa de Taiwan adotou medidas adequadas para garantir que o Coronav√≠rus n√£o afete os tempos de produ√ß√£o dos dispositivos da casa de Cupertino e al√©m.

A empresa especificou que as instala√ß√Ķes na China seguem os planos de f√©rias e continuar√£o a faz√™-lo at√© que todas as empresas voltem ao hor√°rio normal de funcionamento. A refer√™ncia √† decis√£o do governo chin√™s de estender os feriados do Ano Novo Chin√™s at√© 2 de fevereiro para tentar atenuar a propaga√ß√£o do v√≠rus incentivar os cidad√£os a ficar em casa e evitar viagens.

Na √°rea de Whuan, epicentro do v√≠rus, as f√°bricas retomar√£o suas atividades no dia 10 de fevereiro. Aparentemente para Foxconn n√£o haver√° problemas de produ√ß√£o. A not√≠cia surge ap√≥s alguns rumores, segundo os quais a Apple foi alertada por fabricantes asi√°ticos sobre poss√≠veis complica√ß√Ķes devido √† epidemia.

A Apple, por sua vez, est√° monitorando de perto a evolu√ß√£o da situa√ß√£o, mas garantiu que ela seja j√° est√° pronto para usar canais alternativos, caso haja problemas com alguns fornecedores chineses. De fato, nas previs√Ķes financeiras para o pr√≥ximo trimestre, a empresa Cupertino agiu com cautela justamente porque a dissemina√ß√£o da epidemia poderia criar incertezas. Para o pr√≥ximo m√™s, o sucessor do iPhone SE deve chegar como iPhone 9. Portanto, veremos se o Coronav√≠rus afetar√° ou n√£o a produ√ß√£o.