China acusa a Xiaomi de ter coletado os dados incorretamente

Xiaomi estaria no centro de algumas investigaçÔes realizadas pelo governo chinĂȘs: algumas dados do usuĂĄrio eles podem ter sido apanhados incorretamente. Desta vez, portanto, as investigaçÔes nĂŁo começaram pelas autoridades de outros estados, mas pelas chinesas.

Juntamente com a gigante dos smartphones, que estĂĄ obtendo um sucesso cada vez maior em todo o mundo, outras empresas, incluindo a Fossbytes, tambĂ©m estĂŁo na mesma situação. o MinistĂ©rio da IndĂșstria, Informação e Tecnologia (MIIT) observou a presença de vĂĄrios serviços que teriam contribuĂ­do para coletar e revender incorretamente os dados do usuĂĄrio.

Entre as empresas envolvidas, haveria Xiaomi Finanças, QQ Tencent, QQ Reading, Sina Corp e FlashEX. De fato, os ĂłrgĂŁos competentes mantĂȘm sob controle todos os serviços utilizados por muitas pessoas, para evitar problemas de privacidade. O MIIT tambĂ©m afirmou que uma empresa externa monitora constantemente o comportamento dos aplicativos com uma quantidade muito alta de baixar.

De acordo com o relatado por Gizchina, muitas empresas adotariam procedimentos em conformidade com as normas, para evitar possĂ­veis problemas. Os grupos de que falamos anteriormente ainda nĂŁo fizeram isso alterar.