Câmera imita os olhos hemisféricos dos insetos

2FAE0AA5D40C6522AA99C725E1DE11BE96

O dispositivo inovador possui um arranjo de lente de 180 bits, que, juntamente com os componentes eletrônicos que o acompanham, são montados em uma superfície curva, o que permite à câmera oferecer uma profundidade e ao mesmo tempo <…>

cobertura de grande angular do campo com alcance de 160 graus, sem a deformação usual. Por enquanto, no entanto, a câmera tem baixa resolução com apenas alguns pixels e é preto e branco, embora possa ser colorida em algum momento.

Pesquisadores da Universidade de Illinois e do Noroeste, liderados pelo professor John Rogers, que apresentou o estudo na revista Nature, de acordo com a BBC e a Science, acreditam que a nova câmera possa eventualmente ser usada para vigilância externa. , mas também para imagens endoscópicas do corpo humano. Além disso, essas câmeras poderão no futuro ser conectadas a pequenos insetos robóticos voadores para uma variedade de usos, por exemplo, no caso de um desastre natural ou no campo de batalha.

A câmera, criada apĂłs trĂŞs anos de pesquisa, já alcançou uma visĂŁo semelhante Ă  de algumas formigas e besouros, que nĂŁo enxergam muito bem. PorĂ©m, no futuro, poderá ser melhorado com a adição de mais micro-lentes, pois, por exemplo, O olho da mosca tem cerca de 20.000 a 28.000 pequenas “partĂ­culas” embutidas nele, cada uma das quais parece em uma direção ligeiramente diferente. Nos insetos, essas minĂşsculas “lentes oculares” trabalham juntas, no contexto do olho grande, para criar a visĂŁo, que fica tanto na periferia quanto no centro do campo de visĂŁo.

Na câmera ocular artificial, cada “olho” possui uma micro-lente, fotossensores de silĂ­cio e um circuito eletrĂ´nico que “lĂŞ” a imagem. As micro-lentes sĂŁo montadas acima dos fotossensores e um software especial se compromete a compor os sinais Ăłpticos individuais. Todo o dispositivo eletrĂ´nico Ă© fabricado inicialmente de forma plana e, graças a materiais eletrĂ´nicos especiais que agora sĂŁo flexĂ­veis (os chamados elastĂ´meros), ele Ă© modelado de forma a assumir a forma hemisfĂ©rica apropriada, que tambĂ©m possui os olhos dos insetos.

A câmera pode focalizar simultaneamente objetos localizados a diferentes distâncias, sendo muito sensível à captura de movimento. Os pesquisadores acreditam que, no futuro, a câmera cobrirá um campo de 180 graus, de modo que apenas duas câmeras externas serão suficientes para cobrir todo o espaço de vigilância, ou seja, 360 graus.

Fonte: protothema.gr