Avaliação do Samsung Galaxy S9 e S9 +

Samsung Galaxy S9

O Galaxy S9 representa a evolução do projeto inaugurado pela Samsung no ano passado com o Galaxy S8. Muita energia do hardware combinada com um setor fotográfico renovado e a qualidade de construção usual.

Galaxy S9

No ano passado, a Samsung conseguiu apresentar um produto, o S8, que de alguma forma representou uma quebra em rela√ß√£o aos modelos anteriores. Entre o design, a tela 18: 9 e a redu√ß√£o m√°xima dos quadros, a sensa√ß√£o era de estar na frente de um novo dispositivo. N√£o podemos dizer que o mesmo aconteceu este ano, ou melhor, o oposto: a frase mais popular hoje, quando se trata do S9, √© “√© id√™ntica ao S8, com algumas pequenas melhorias”.

Talvez essa definição seja um pouco extravagante, mas certamente faz a idéia.

De fato, estamos diante de um smartphone que certamente não faz um milagre chorar em termos de inovação, mas que, ao mesmo tempo, dificilmente decepciona no uso diário. O sentimento pode ser resumido na seguinte frase: o Galaxy S9 convence completamente, mas não excita.

S9 09

Construção e ergonomia

A Samsung melhorou um produto já bom em termos construtivos. O design com quadros reduzidos também foi proposto novamente no topo da gama deste ano, reduzindo a altura do smartphone e, ao mesmo tempo, aumentando ligeiramente sua largura e espessura (passa de 8 mm para 8,5 mm).

S9 11

A aderência melhora, o Galaxy S9 agarra melhor que seu antecessor, mas a sensação de que pode escapar de um momento para o outro ainda está presente. O posicionamento do sensor biométrico sob o módulo fotográfico é decididamente inteligente (em vez de ao lado dele, como no Galaxy S8), que pode ser facilmente alcançado com os dedos, mesmo na versão Plus maior.

Leia tamb√©m: Galaxy S9 √© oficial, Samsung concentra tudo na c√Ęmera

Quanto ao resto, o Galaxy S9 foi construído exatamente como seria de esperar de um topo de gama moderno hoje. O vidro curvo, usado tanto na frente quanto na traseira, combina perfeitamente com a estrutura de alumínio 7003, um material particularmente resistente à deformação em caso de impacto. Falta a certificação IP68, agora um item obrigatório neste segmento de mercado.

S9 02

Apesar de todos esses dispositivos, o Galaxy S9 continua sendo um dos smartphones topo de gama mais compactos do mercado, apesar de poder contar com uma tela grande de 5,8 polegadas, e o mesmo vale para o S9 +, considerando a tela de 6,2 “. A √ļnica desvantagem: a tampa traseira de vidro cont√©m impress√Ķes digitais demais.

Tela e √°udio

A tela √© sem d√ļvida um dos pontos fortes do Galaxy S9. Mais uma vez, a Samsung conseguiu melhorar o excelente painel montado na linha S8. A tela acaba sendo a 15% mais brilhante e pode ser definido com seguran√ßa como um dos melhores do setor de smartphones, julgamento tamb√©m compartilhado pela revista oficial DisplayMate.

S9 04

Do ponto de vista t√©cnico, somos confrontados com uma tela Super AMOLED com resolu√ß√£o QHD + (1.440 x 2.960, 570 ppi) para ambos os modelos. O tamanho maior do modelo de 6,2 “leva a uma maior densidade de pixels no modelo b√°sico, mas, na pr√°tica, isso n√£o afeta a nitidez e a precis√£o das imagens.

A Samsung escolheu a relação de aspecto em 18,5: 9, o que faz com que o painel se desenvolva em comprimento, dando esse efeito óptico de continuidade ao corpo, o que contribui para aumentar o impacto visual.

S9 06

Contrastes excepcionais, √Ęngulos de vis√£o absolutos, excelente visibilidade externa gra√ßas ao tratamento oleof√≥bico convincente do vidro frontal. Samsung confirma sua lideran√ßa na cria√ß√£o de telas de smartphones aprimorando, atrav√©s da implementa√ß√£o deste painel, a experi√™ncia di√°ria do usu√°rio com o Galaxy S9.

O √ļnico aspecto que n√£o nos convenceu √© o fato de a empresa sul-coreana defina a resolu√ß√£o da tela por padr√£o em Full-HD + (2220 √ó 1080 pixels). Provavelmente, essa √© uma op√ß√£o que visa economizar energia, uma vez que o tamanho dos elementos da interface n√£o muda, mas para um olhar atento a resolu√ß√£o m√°xima traz uma melhoria, principalmente na renderiza√ß√£o do texto e nos pequenos detalhes. Obviamente, atrav√©s das configura√ß√Ķes, voc√™ pode trazer a tela do Galaxy S9 para a resolu√ß√£o QHD +.

S9 05

Avan√ßo consider√°vel no campo de √°udio. De fato, o Galaxy S9 pode contar com um alto-falante principal posicionado no lado inferior ao qual a c√°psula do ouvido est√° acoplada para obter um efeito est√©reo. Este √ļltimo, ao contr√°rio do que acontece nos smartphones de outros fabricantes, √© capaz de reproduzir n√£o apenas os tons altos, mas tamb√©m os m√©dios.

O volume √© bastante alto, a qualidade √© boa, tamb√©m gra√ßas ao trabalho de equaliza√ß√£o realizado pela AKG. Tamb√©m deve ser sublinhado como a c√°psula auricular entra em opera√ß√£o mesmo durante chamadas com viva-voz, oferecendo √°udio est√©reo mesmo nessa circunst√Ęncia.

S9 07

Ouvir fones de ouvido é satisfatório. A Samsung continua com a política de integrar o conector de 3,5 mm, uma opção que compartilhamos pessoalmente e que não obriga a trazer vários adaptadores com você. Sublinhar a presença, no pacote de vendas, de um par de fones de ouvido fabricados pela AKG, de bom acabamento.

Desempenho e autonomia

O que podemos dizer em relação a um smartphone baseado no Exynos 9810 SoC emparelhado com 4 GB de RAM e a GPU Mali-G72 na configuração MP18? O Galaxy S9 é sempre fluido, mesmo quando está particularmente estressado (executamos o título de Tekken com 18 aplicativos em segundo plano e não houve hesitação).

Tela 5,8 polegadas QHD, 2.960 x 1.440, 570 ppi, Super AMOLED, Gorilla Glass 5, 18.5: 9, HDR10
SoC Exynos 8910 Octa-Core (Quad-Core 2,7 GHz Mongoose M3 + Quad-Core 1,8 GHz Cortex-A55), 64 bits
GPU Mali G-72 MP18
RAM 4GB
Armazenamento 64 GB expansível via micro-SD até 400 GB
C√Ęmera traseira 12 MP f / 1.7- f / 2.4, OIS, flash LED de tom duplo, grava√ß√£o de v√≠deo 4K 60 fps, C√Ęmera lenta 720p 960 fps
C√Ęmera frontal 8 MP f / 1.7
Conectividade Dual-SIM, Bluetooth 5.0, NFC, Wi-Fi a / b / g / n / ac Banda dupla, GPS A-GLONASS Galileo, r√°dio FM
redes Gato LTE. 16, bandas 1, 2, 3, 4, 5, 7, 8, 12, 20, 28, 29, 30
Seguran√ßa Sensor para reconhecimento de impress√Ķes digitais, reconhecimento facial, digitaliza√ß√£o da √≠ris
Bateria 3.000 mAh
recarregar USB tipo C 3.1, carregamento rápido com o carregador incluído no pacote de vendas, suporte para carregamento sem fio
dimens√Ķes 147,7 x 68,7 x 8,5 mm
Peso 163 gramas
Sistema operacional Android 8.0 personalizado com o Samsung Experience 9
cores Preto Midnigh, Azul Coral, Roxo Liliac
Preço 899 euros

A sensação é de que a Samsung está trabalhando para preencher a lacuna que ainda existe com o A11 Bionic SoC da Apple. Em termos de puro processamento, de fato, o processador da empresa Cupertino ainda permanece alguns passos à frente: em nosso teste de edição de vídeo, que envolve a exportação de um arquivo de vídeo 4K de 2 minutos, o Galaxy S9 levou 2 minutos e 32 segundos, enquanto o iPhone X mal 42 segundos.

Tamb√©m pode ser encontrada uma lacuna na abertura de algumas aplica√ß√Ķes particularmente pesadas. Por exemplo, o Galaxy S9 leva cerca de 20 segundos para iniciar o jogo Injustice 2, enquanto o iPhone X pega 13 deles. Situa√ß√£o quase id√™ntica para o Tekken 2, com o smartphone da empresa Cupertino mais r√°pido que cerca de 5 segundos.

Com o AnTuTu, nosso Galaxy S9 obteve 248.731 pontos. Apenas alguns dias atr√°s, a conhecida plataforma de benchmark publicou o ranking atualizado em fevereiro (portanto, sem o novo topo de gama ainda) dos smartphones com as pontua√ß√Ķes mais altas. Em primeiro lugar, o Huawei Mate 10 com 214.750 pontos. Os SoCs da nova gera√ß√£o, portanto, parecem ter dado mais um salto em termos de desempenho.

Lembre-se, esses s√£o os testes que realizamos para o puro esp√≠rito de compara√ß√£o, al√©m disso, entre dois smartphones que devem ser usados ‚Äč‚Äčprincipalmente por outros motivos. Na vida cotidiana, o Galaxy S9 √© sempre r√°pido e √°gil, sem qualquer tipo de desacelera√ß√£o.

Autonomia

O S9 + integra uma bateria de 3500 mAh, enquanto o S9 é de 3000 mAh. Ambos os smartphones oferecem autonomia semelhante. Você poderá fazer um dia inteiro com o uso normal, e chegue à noite com cerca de 40% de autonomia, o que significa que você pode ir até tarde da noite tocando em cerca de 20 horas. Com um uso muito mais intenso, usando o smartphone para muitas chamadas, navegação, vídeos, várias contas de email e sociais em sincronização e até algumas horas como modem de dados, você chegará em pouco mais de 10 horas.

Em resumo, você sempre poderá fazer um dia inteiro de trabalho, mas será necessário colocar o smartphone em carga durante a noite. Somente com o uso leve, como nos aconteceu durante alguns fins de semana, conseguimos com uma carga obter dois dias de autonomia. Observe a presença de carregamento rápido (carregador especial incluído no pacote) e carregamento sem fio.