Apple, selfies perfeitas em grupo, mesmo √† dist√Ęncia

Grupo selfie mesmo fisicamente distante? Essa √© a nova id√©ia da Apple descrita em uma patente registrada no USPTO (marca comercial e organiza√ß√£o de patentes dos Estados Unidos). Pode parecer uma solu√ß√£o para ajudar a manter dist√Ęncias sociais em tempos de pandemia, mas esse n√£o √© o caso. De fato, a patente foi registrada em julho de 2018 e concedida em 2 de junho de 2020. No entanto, uma solu√ß√£o extremamente adequada para o per√≠odo hist√≥rico espec√≠fico que estamos enfrentando.

De acordo com a patente, o propriet√°rio de um dispositivo Apple (iPhone ou iPad) poder√° convidar outras pessoas para uma sess√£o na qual enviar fotos ou v√≠deos. O software seria capaz de processar o conte√ļdo produzindo automaticamente uma imagem de grupo √ļnico. O fundo √© eliminado e o usu√°rio pode decidir alterar a posi√ß√£o das v√°rias pessoas na foto.

A Apple define o resultado como “grupo sint√©tico selfie“: portanto, um resumo dos arquivos enviados por usu√°rios individuais. A selfie individual pode ser uma foto, v√≠deo ou imagem de transmiss√£o ao vivo. As fotos individuais ser√£o mantidas para oferecer ao usu√°rio que cria a possibilidade de manter os originais e modificar o resultado final. As vantagens listadas pelo Colossus de Cupertino s√£o: n√£o h√° necessidade de agrupar fisicamente as pessoas, tudo pode ser feito remotamente; o processo de elimina√ß√£o em segundo plano √© processado por todos os dispositivos, reduzindo assim a carga de um √ļnico dispositivo; o agrupamento ocorre automaticamente.

Como sempre nesses casos, uma vez que é uma patente, não sabemos se a função realmente vai estrear no mercado nem mesmo quando podemos esperar. No entanto, as patentes nos mostram as idéias que os fabricantes individuais têm ao longo da história, independentemente de poderem se tornar realidade ou não.