Apple: concordou em pagar multa de US $ 450 mil pela má gestão de resíduos

A Agência de Proteção Ambiental da Califórnia (CEPA) disse que a Apple concordou em pagar uma multa de US $ 450.000 no caso em que foi acusada de má gestão de resíduos eletrônicos perigosos. Além disso, de acordo com o Departamento de Controle de Substâncias Tóxicas do CEPA, a Apple concordou em aumentar as inspeções de suas instalações de eliminação de resíduos em Cupertino e Sunnyvale.

As autoridades americanas dizem que a Apple operou uma instalação de comércio eletrônico de Cupertino em 2011 e 2012, que produziu 500 toneladas de resíduos antes de fechar em janeiro de 2013. A instalação foi transferida para Sunnyvale, com a Apple a processa 350 toneladas de resíduos antes de informar o estado de sua existência.

Na fábrica de Sunnyvale, a Apple coletou poeira de metal perigoso, que foi colocada em áreas que não foram projetadas ou licenciadas adequadamente. Quando essas partículas finas são liberadas no ar, elas se tornam extremamente perigosas para a vida selvagem e os seres humanos.

Além disso, os reguladores dizem que a Apple não utilizou etiquetas que indicam a natureza perigosa dos resíduos nos barris de metal usados. Se isso não bastasse, ela não monitorou a exportação de resíduos perigosos e não informou nada às autoridades.

Um porta-voz da Apple disse: “Este caso é uma falha no envio de documentos para fechar uma das instalações de reciclagem como parte de nossa expansão para um espaço maior. Trabalhamos em conjunto (consultando o CEPA) para garantir que, a partir de agora, tenhamos as permissões apropriadas para o site atual. Como fazemos com todas as nossas instalações, seguimos um conjunto rigoroso de padrões de saúde e segurança, que excedem em muito os requisitos legais “.

logotipo da apple edifício 570

Fonte