Apple acredita em realidade aumentada: espectador em 2022 e óculos em 2023?

De acordo com um relat√≥rio publicado pela A informa√ß√£o, A Apple est√° se preparando para apresentar seu primeiro visualizador de realidade aumentada (AR) em 2022 que ser√° seguido por um par de √≥culos (equipados com a mesma tecnologia) em 2023. Informa√ß√Ķes que colidem com rumores anteriores que, no entanto, sugeriam um primeiro dispositivo de RA j√° a partir do pr√≥ximo ano.

Refere-se a uma reuni√£o interna que aconteceria na sede da Apple em outubro passado, onde – segundo fontes que preferem permanecer an√īnimas – a Apple teria mostrou as caracter√≠sticas e fun√ß√Ķes dos dispositivos AR. Al√©m disso, Bloomberg relata que o atraso no roteiro teria sido causado por supostos problemas no desenvolvimento da tecnologia.

De acordo com o que foi relatado, o visualizador da Apple (codinome N301) seria semelhante ao Oculus Quest do Facebook, com um design, por√©m, mais pr√≥ximo do estilo Cupertino e caracterizado por materiais e tecidos mais leves. Uma solu√ß√£o que permitiria ao usu√°rio us√°-lo mesmo por longas sess√Ķes. O visualizador deve estar equipado com uma tela de alta resolu√ß√£o capaz de mostrar informa√ß√Ķes e mesclar objetos virtuais e mundo real. Teria, portanto, funcionalidade de realidade aumentada e realidade virtual (VR).

Tudo isso andaria de m√£os dadas com o desenvolvimento de um novo sistema de sensor 3D que – de acordo com a Bloomberg – deve estrear primeiro no iPad Pro e nos iPhones de 2020 e depois pousar em dispositivos AR. O sistema tridimensional permite aos usu√°rios recriar quartos, objetos e pessoas. O visualizador que combina AR e VR, finalmente, parece destinado principalmente a videogames, assistindo a v√≠deos e reuni√Ķes virtuais.

Oculus Quest

Como j√° mencionado, o espectador √© esperado para 2022 com a Apple, que deve come√ßar a reunir os desenvolvedores em 2021 para criar um software ad-hoc e ter uma frota de aplicativos j√° utiliz√°veis ‚Äč‚Äčno momento do lan√ßamento. Sup√Ķe-se tamb√©m que em poucos anos a O 5G j√° encontrou uso generalizado. Para que a Apple pudesse estrear no melhor momento.

2023, ent√£o, deve ser o ano do √ďculos de realidade aumentada da marca Apple. A informa√ß√£o relata que “os prot√≥tipos atuais parecem √≥culos de sol caros com arma√ß√Ķes grossas que abrigam a bateria e os chips “. Segundo informa√ß√Ķes, o Colossus de Cupertino tamb√©m teria pensado em lentes que escurecem quando est√£o em opera√ß√£o, a fim de sinalizar para mais algu√©m que o usu√°rio est√° envolvido no uso do dispositivo e que, portanto, ele pode n√£o prestar aten√ß√£o.

√Č bom ressaltar, no entanto, que todas as informa√ß√Ķes relatadas podem variar at√© o momento da apresenta√ß√£o oficial. Ainda faltam 3 anos, um per√≠odo muito longo, especialmente quando se trata de tecnologia. Como afirmado h√° muito tempo por Tim Cook, a realidade aumentada pode se tornar uma ideia t√£o grande quanto o smartphone. E a Apple obviamente n√£o quer ser encontrada despreparada.