Android, adeus à fragmentação? Agora cabe ao Google

O problema da fragmenta√ß√£o no mundo Android pode estar enfrentando um ponto de virada. Na confer√™ncia Linaro Connect em San Francisco, o suporte aos kernels Linux LTS (Long Term Support) foi anunciado por seis anos. Este √© o cora√ß√£o do rob√ī verde, uma mudan√ßa fundamental em rela√ß√£o √† criatura Big G, que agora √© chamada, junto com os v√°rios fabricantes, a fazer uma mudan√ßa em termos de atualiza√ß√Ķes.

O Android √© baseado precisamente na vers√£o LTS do kernel Linux e, como √© sabido, oferece atualmente um suporte m√°ximo de 18 meses para atualiza√ß√Ķes, que, em alguns casos, s√£o mais ampliadas. Os pr√≥prios fabricantes de hardware planejam seus roteiros de suporte em rela√ß√£o ao tempo do kernel Linux, obviamente sem esquecer os fabricantes de chips, como a Qualcomm.

Fragmentação Android

Portanto, essa mudança fornecerá a possibilidade de uma empresa como a Qualcomm projetar os SoCs prejudiciais e todo o software conectado a eles, contando com um ciclo de vida de seis anos. o Snapdragon 835, baseado no kernel Linux 4.4, pode ser o primeiro a se beneficiar da novidade.

Leia também: fragmentação Android, o Google visa o controle total?

Tudo isso certifica como o ambiente ideal foi criado para que um ponto de virada importante no campo Android em rela√ß√£o √†s atualiza√ß√Ķes possa se materializar. Podemos esperar uma extens√£o do per√≠odo de suporte do Google em rela√ß√£o aos smartphones, tamb√©m porque o Oreo tamb√©m trouxe o Project Treble com ele.

Fragmentação Android

Projeto Agudos n√£o faz nada al√©m de dividir a parte do c√≥digo na qual os fabricantes de chips interv√™m da do Android, a fim de acelerar as v√°rias implementa√ß√Ķes. Adicionando a isso a vantagem adquirida por empresas como Qualcomm e MediaTek, gra√ßas √† extens√£o do suporte aos kernels Linux LTS, portanto, o ponto de virada pode se materializar.

Leia também: Android, o Project Treble pode reduzir a fragmentação?

Obviamente, resta um ponto de interroga√ß√£o. De fato, n√£o se trata apenas de acelerar o lan√ßamento das atualiza√ß√Ķes dos novos principais aplicativos do Android, mas tamb√©m de garantir um suporte muito mais longo ao longo do tempo. Quanto tudo isso cabia aos produtores?

Fragmentação Android
Distribuição do Android em janeiro de 2017

N√£o h√° d√ļvida de que os fabricantes de smartphones podem ter algum interesse em pressionar os usu√°rios a comprar os modelos mais recentes, girando, entre os v√°rios fatores, tamb√©m na possibilidade de poder contar com softwares mais atualizados. Um aspecto que garantiria menos um n√ļmero maior de atualiza√ß√Ķes importantes ao longo dos anos.

Nesse entanto, Apple fez escola. Excluindo os problemas críticos que, em alguns casos, são encontrados em dispositivos mais antigos, é objetivo como a empresa Cupertino consegue garantir invejável homogeneidade de software. Basta pensar em um produto como o iPhone 5S, comercializado em 2013 e que, em 19 de setembro de 2017, recebeu oficialmente o iOS 11.

Fragmentação Android

A Apple decidiu conscientemente garantir um certo n√ļmero de atualiza√ß√Ķes ao longo do tempo, talvez desistindo de uma parte da receita que poderia advir da compra de um novo modelo. Por outro lado, essa pol√≠tica representoun fator chave na lealdade do cliente, que geralmente n√£o existe no Android.

Como sempre, portanto, a estrat√©gia comercial dos v√°rios produtores ter√° que dissolver as reservas. Obviamente, a situa√ß√£o no mundo do rob√ī verde ainda permanece muito irregular, de certa forma incompar√°vel √† do iOS, onde uma empresa grava um sistema operacional para ser instalado em dispositivos m√≥veis de seu pr√≥prio design.

Fragmentação Android

Nos pr√≥ximos meses, principalmente com a chegada do Google Pixel 2, poder√° nos fornecer novas indica√ß√Ķes a esse respeito. O Big G vai elevar a cortina de seus novos smartphones topo de gama em dois dias, e talvez essa seja a ocasi√£o para o an√ļncio de not√≠cias sobre a pol√≠tica de atualiza√ß√£o. Veremos.


Tom’s Recommend

O LG G6 é um smartphone Android topo de gama apresentado no Mobile World Congress 2017. Hoje, pode ser comprado através do Amazonas com um 46% de desconto no preço de tabela!