Alcatel convence com preço, menos com marketing

o Mobile World Congress 2018 foi inaugurado pela Alcatel, que renovou sua linha de smartphones, apresentou novos tablets e tamb√©m novos modems port√°teis. Este ano decidimos, sempre que poss√≠vel, alcan√ßar artigos de opini√£o, que v√£o um pouco al√©m das meras descri√ß√Ķes t√©cnicas dos produtos e, de alguma forma, podem desencadear reflex√Ķes. Ent√£o, vamos come√ßar com a Alcatel.

Entre as caracter√≠sticas dos novos smartphones apresentados pela empresa, existe um design chamado “Simganic”, termo que deseja combinar as palavras “simplicidade” e “org√Ęnico”, portanto, formas inspiradas na natureza. J√° visto.

O formato da nova tela 18: 9 agora está presente em todos os sentidos, um formato que permite oferecer uma experiência visual mais imersiva e melhorar a ergonomia. Já visto.

Encontramos a c√Ęmera dupla no topo da linha de alcance, na frente e atr√°s, para melhores selfies e fotos. J√° visto. Depois, h√° o Face Key, um sistema de desbloqueio de reconhecimento de rosto. J√° visto. Em resumo, em algum momento t√≠nhamos medo de ouvir as palavras “tela sem borda”, mas felizmente n√£o era. Em conclus√£o, nenhum efeito uau.

dwf1mcrumaezwlm 042998240189bea95bbe84cb66c805cb5

A verdade √© que hoje √© cada vez mais dif√≠cil surpreender. Portanto, nos permitimos reformular a mensagem da empresa, de uma maneira que nos parece mais convincente: “estamos felizes em renovar toda a linha de smartphones, adotamos o que agora se tornou os padr√Ķes de 2018, como as telas 18: 9, um design simples, leitor de impress√£o digital em todas as c√Ęmeras inteligentes e duplas, sempre que poss√≠vel nosso ponto forte √© o pre√ßo, porque o topo da gama custa apenas, a partir da lista de pre√ßos, 229 euros “.

Os preços que sabemos serão ainda mais contidos no mercado. Como é que você gosta?

E, para completar, também gastamos algumas palavras no restante dos produtos apresentados. A menos que tenhamos perdido algo, o mercado de tablets não é particularmente próspero. E tem sido assim há anos. Portanto, não esperamos maravilhas dos novos modelos apresentados. No entanto, considerando o posicionamento na primeira faixa de preço, a empresa provavelmente simplesmente quer tentar fazer pequenos volumes para aqueles que ainda não compraram um tablet.

Em vez disso, pareço mais convincente novos modems LTE, Cat.7 e Cat.12, que com a abordagem 5G e, portanto, todas as etapas intermediárias de novas velocidades de conexão, poderiam interessar aos profissionais. Nesse caso, esperamos uma distribuição principal através das operadoras de telefonia, em vez de uma compra direta.

Voltando aos smartphones, o mais interessante talvez seja o Alcatel 1, baseado em Android Go Edition, uma versão simplificada do sistema operacional Android. Essa opção permite que você faça smartphones por menos de 100 euros, capazes de ser tão rápidos e rápidos quanto os modelos mais sofisticados. E a partir dos poucos minutos que gastamos com esses smartphones, a escolha parece convincente.

Alcatel 5 mz

Por fim, mencionamos o sistema de reconhecimento de impress√£o digital que permite combinar um aplicativo com cada dedo e inici√°-lo precisamente interagindo com o leitor biom√©trico. Parece uma fun√ß√£o √ļtil que, no entanto, n√£o poderemos julgar at√© depois de uma longa experi√™ncia.

Em suma, a Alcatel convence com novos smartphones. Tanto nas vers√Ķes mais baratas quanto nos modelos mais caros. N√£o pelo que eles oferecem em termos absolutos, pois n√£o existem caracter√≠sticas distintivas, nem em termos de fun√ß√Ķes nem de design. Mas isso √© a rela√ß√£o com o pre√ßo √© interessante, j√° que a um custo de at√© 200 euros, ou um pouco mais, √© capaz de oferecer todos os recursos distintos, ou quase, de 2018. E √© provavelmente nisso que a empresa deve se concentrar, deixando de lado as mensagens de marketing que vimos agora em todos os molhos. As not√≠cias em tablets s√£o de pouca import√Ęncia.