AirPods voam, embarques em 30 milhões em 2018?

20 milhões de AirPods enviados em 2017, 30 milhões em 2018. Esses são os dados que emergem do novo relatório produzido por Arthur Liao, um conhecido analista da Fubon Securities. Números consistentes com a alta apreciação recebida pelos usuários em relação aos fones de ouvido sem fio da empresa Cupertino, cada vez mais confirmados como um dos produtos mais vendidos da Apple nos últimos anos.

Primeiro de tudo, uma premissa deve ser feita. Os dados coletados pela Fubon Securities não são oficiais, mas são consistentes com vários relatórios divulgados nos últimos meses. A estimativa de 20 milhões de AirPods enviados até o final de 2017 foi de fato repetidamente levantada, mesmo por jornais oficiais como a Forbes.

AirPods
Apple AirPods

Depois de tudo, não é nenhum mistério que os AirPods sejam um produto muito apreciado pelos usuários, apesar de terem tido uma estreia um tanto conturbada no mercado: por um lado, foram introduzidas ao mesmo tempo que a eliminação do conector de áudio de 3,5 mm do iPhone 7 e 7 Plus, uma escolha que, na época, provocou um acalorado debate; por outro lado, a disponibilidade inicial estava em trancos e barrancos, especialmente em alguns mercados.

Leia também: Revise os fones de ouvido Apple AirPods, sem fio e inteligentes

Tudo isso, no entanto, não ofuscou o excelente trabalho realizado pela Apple no design desses fones de ouvido. Além dos gostos subjetivos, é um produto extremamente equilibrado que, diferentemente de alguns dispositivos concorrentes, não apresenta problemas críticos específicos.

airpods de maçã 03

Sem esquecer, é claro, a questão da perfeita integração com o iOS, também facilitado pela compatibilidade com o SIRI. Em suma, a inserção perfeita de AirPods no ecossistema da Apple certamente representou um dos principais aspectos de seu sucesso.

Tudo isso levou a empresa Cupertino a continuar se concentrando neste dispositivo. Por um lado, por ocasião do evento de setembro, Apple apresentou a nova geração de AirPods, que introduziu o suporte ao carregamento sem fio. Por outro lado, parece ter ingressado na empresa chinesa Luxshare Precision com a Inventec Appliances (empresa que fabrica os fones de ouvido), a fim de suportar a maior demanda esperada para 2018.

E aqui vem a estimativa feita pela Fubon Securities a esse respeito para 30 milhões de unidades enviadas no próximo ano. Esperando poder ter números oficiais disponíveis, esse é sem dúvida um dado consistente com o que surgiu até hoje.

AirPods

Afinal, com a entrada em cena do Luxshare Precision, a Apple poderá resolver o que sempre foi considerado o único ponto fraco dos AirPods, ou a disponibilidade real no mercado. Ainda hoje não é tão simples, em comparação com os padrões dos dispositivos da empresa Cupertino, encontrar esses fones de ouvido nas lojas (principalmente nas físicas), com a segunda geração que, após o anúncio, desapareceu um pouco dos radares.

Leia também: AirPods, mais uma aposta ganha pela Apple

De qualquer forma, como já analisamos em um artigo anterior, a sensação é de que os AirPods representam mais uma aposta ganha para a Apple que, apesar de ter forçado os usuários a eliminar o conector de áudio de 3,5 mm, ainda assim conseguiu conquistá-los com um produto que também permitia colocar as mãos no mercado de fones de ouvido sem fio.


Tom’s Recommend

o Apple AirPods estão disponíveis para compra através Amazonas, além de poder aproveitar o programa de remessa Prime.