Adolescentes da Romênia foram presos por atacar o site da Polícia

Romeno Anônimo

Dois adolescentes da Romênia foram presos nesta manhã depois de atacarem e alterarem o conteúdo de sites de muitas delegacias de polícia do país, de setembro a outubro.

A dupla, de 17 e 18 anos, conseguiu acessar os servidores de 20 órgãos policiais, bem como os da Inspetoria Geral da Polícia Romena (IGPR).

Há dois meses, em 18 de setembro, eles escreveram uma mensagem na página principal do site do IGPR, alegando serem membros da indústria romena de hackers Anonymous.

“Saudações, senhores. Nós somos anônimos. Nós somos uma legião. Somos romenos e, é claro, ‘ciumpalacii’. Acorde, Romênia! ”A mensagem dizia.

A “saudação” foi excluída, mas foi iniciada uma investigação sobre o ataque. Os servidores não continham informações sobre investigações policiais, mas foram usados ​​para hospedar os sites da organização e continham informações públicas.

Qualquer pessoa que visitasse o site naquele dia descobriria que usuários não autorizados foram capazes de invadir os sistemas de computadores da polícia.

De acordo com a Direção de Crime Organizado e Terrorismo (DIICOT), que coordenou a investigação, um dos adolescentes é na verdade um membro da comunidade Anônima na Romênia.

Os dois hackers, de Galati e Bucareste, agora estão sendo investigados por acessar ilegalmente computadores e alterar a integridade dos dados de informação. Dependendo das acusações contra eles após a investigação, a pena máxima que eles enfrentam sob a lei romena é de sete anos de prisão. No entanto, eles também poderiam “salvá-la” com apenas alguns meses de prisão.