Adobe finaliza o Shockwave Player

As seguintes notícias surgiram do nada e nos fizeram dizer: “Isso ainda está aí?” Algumas horas atrás, a Adobe anunciou que encerraria permanentemente o Shockwave Player, e a plataforma multimídia não estará disponível para download a partir de 9 de abril.

Como motivo para parar de desenvolver o Shockwave Player, a Adobe relatou um declínio constante nos usuários que o utilizam. Nos últimos anos, aqueles que desejam ter conteúdo interativo em seus sites têm usado plataformas como HTML5 Canvas e WebGL. No entanto, os clientes corporativos ainda podem usar o Shockwave até que seu contrato expire em 2022.

A plataforma multimídia foi usada para criar aplicativos interativos muito antes de o termo aplicativos ser formalmente definido, em termos do significado digital da palavra. Podemos lembrar de sites com jogos baseados em navegador, como Miniclip e Newgrounds.

A Adobe decidiu encerrar o Shockwave há vários anos e, desde então, o enterrou cada vez mais fundo. Isso nos lembra alguma coisa? É isso mesmo, o Adobe Flash, que a Adobe decidiu “matar” em 2020.

Desde 2013, a Adobe parou de oferecer suporte ao Adobe Director, o programa de criação de conteúdo do Shockwave. E em 2017, parou de oferecer suporte ao Adobe Shockwave para macOS.

Descanse em paz Flash e Shockwave. Como se vê, não resta muito tempo até que essas heranças interativas deixem de existir. Em breve, o único lugar em que veremos os senhores dos primeiros dias da Internet serão os vídeos do YouTube.

Fonte