A UE p√Ķe fim √† sonega√ß√£o de impostos na Amaz√īnia

A UE p√Ķe fim √† sonega√ß√£o de impostos na Amaz√īnia

A empresa colombiana de comércio on-line Amazon.com mudou sua política tributária em relação às vendas na Europa, de acordo com uma publicação recente no Wall Street Journal. Em particular, começou a registrar os recebimentos de vendas de varejo em cada país europeu separadamente, em vez de propor vender todas as suas vendas através do Luxemburgo, que obviamente possui taxas de imposto baixas.

A UE  p√Ķe fim √† sonega√ß√£o de impostos na Amaz√īnia

Devido a controles mais r√≠gidos sobre como as grandes empresas t√™m evitado a tributa√ß√£o na Europa e nos Estados Unidos nos √ļltimos anos, a gigante online decidiu fazer essa altera√ß√£o, que entrou em vigor em 1¬ļ de maio, de acordo com o comunicado. executivos seniores da empresa no jornal. Ele disse que a empresa come√ßou os preparativos para diversificar sua estrutura de varejo h√° dois anos, segundo o Wall Street Journal.

Em outubro, o órgão antitruste da União Europeia começou a investigar o acordo da Amazon com o Luxemburgo sobre redução de impostos. A União Europeia está se concentrando em saber se o Luxemburgo violou suas próprias regras patrocinadas pelo estado ao concluir um acordo que permite à Amazon operar quase isenta de impostos na Europa.

O chefe da autoridade antimonopólio da União Européia disse no início de maio que,

A Uni√£o Europeia n√£o cumprir√° o prazo de junho para decidir se os acordos tribut√°rios entre os membros – estados com a Amazon e outras empresas, como por exemplo Apple e Starbucks eram legais porque ainda n√£o tinham dados suficientes.

O Luxemburgo passou por escrut√≠nio internacional ap√≥s revela√ß√Ķes da m√≠dia em novembro. Nesse caso, os chamados “LuxLeaks” foram revelados com base em documentos vazados em detalhes sobre o papel desempenhado por esse estado membro da Uni√£o Europeia, ajudando as empresas a canalizar seus lucros atrav√©s do Luxemburgo para pagar impostos baixos em vez de impostos mais altos. pa√≠ses onde a empresa teve mais vendas.