A TIM apresenta as novas denominaçÔes de recarga de 4 e 6 euros. E desta vez eles sĂŁo “reais”

A TIM refaz seus passos e decide introduzir as denominaçÔes de recarga de 4 e 6 euros desta vez, no entanto, sem nenhum serviço incluído e, portanto, com a possibilidade de o usuårio realmente receber o crédito igual ao valor pago pela recarga. A história começou em novembro deste ano, quando foi TIM, Vodafone aquele Vento eles decidiram modificar as denominaçÔes clåssicas de 5 e 10 euros com novas recargas, nas quais, além de um crédito pré-estabelecido, o usuårio recebia serviços premium, como a possibilidade de usar chamadas e tråfego de dados ilimitados ao custo de 1 euro, que claramente veio removidos do crédito da recarga real.

TIM, Vodafone e Wind: a história das recargas “especiais”

Uma manobra que os usuĂĄrios nĂŁo gostaram que eles obtiveram alguns serviços extras, mas que, na maioria das vezes, com pacotes jĂĄ cheios de gigabytes e chamadas, nĂŁo havia vantagem. De fato, as recargas “especiais” roubaram crĂ©dito em comparação com o que foi pago. Na verdade, o usuĂĄrio recarregou o SIM de 5 euros usando o corte “especial”, mas recebeu 4 ou 3 euros de crĂ©dito e os 1 ou 2 euros restantes foram usados ​​pelas operadoras. para ativar o serviço ” mais ”.

A AGCOM decidiu resolver o problema desconfiando dos trĂȘs gerentes e ordenando que ele cumprisse a Lei nÂș 40 de 2007 sobre a liberalização dos custos de reposição:

[
]A fim de promover a concorrĂȘncia e a transparĂȘncia das tarifas, garantir ao consumidor final um nĂ­vel adequado de conhecimento sobre os preços reais do serviço, alĂ©m de facilitar a comparação entre as ofertas no mercado, Ă© proibido pelas operadoras de telefonia, redes de televisĂŁo e comunicaçÔes eletrĂŽnicas, a aplicação de custos e contribuiçÔes fixos para recarga de cartĂ”es prĂ©-pagos, tambĂ©m via caixa eletrĂŽnico ou em formato eletrĂŽnico, alĂ©m do custo do trĂĄfego telefĂŽnico ou do serviço solicitado. TambĂ©m Ă© proibido prever prazos mĂĄximos para o uso do trĂĄfego ou serviço adquirido. Qualquer eventual clĂĄusula nĂŁo conforme Ă© nula e nĂŁo implica a nulidade do contrato, sem prejuĂ­zo das restriçÔes de duração de quaisquer ofertas promocionais que envolvam preços mais favorĂĄveis ​​ao consumidor. [
]

Relatórios de usuårios para associaçÔes de consumidores como Altroconsumo e Codacons foram recompensados. A AGCOM havia enviado a solicitação às operadoras para interromper as novas recargas especiais em 30 dias. E assim a resposta dos operadores não demorarå a chegar. A Vodafone e a TIM reintroduzirão as denominaçÔes clåssicas que, portanto, permitirão que elas complementem o que realmente pagaram.

Vodafone reintroduzirĂĄ os cortes de recarga de 5 e 10 euros apenas com o trĂĄfego telefĂŽnico em tabacarias, bares, quiosques e bilheterias. Lembre-se disso:

  • os cortes de recarga de € 5 e € 10 com apenas trĂĄfego telefĂŽnico sempre estiveram disponĂ­veis nas lojas Vodafone, on-line e por meio do aplicativo;
  • quando o produto Giga Ricarica foi lançado, foram enviadas mensagens informativas por SMS a todos os clientes que haviam feito recargas nos canais em que foram introduzidos;
  • contextualmente, nos comunicamos mensalmente com os canais de vendas, para que as informaçÔes do produto estejam sempre disponĂ­veis
  • A TIM tambĂ©m decide reintroduzir os cortes clĂĄssicos de refil e tambĂ©m para introduzir novos cortes de 4 e 6 euros que os usuĂĄrios podem usar diretamente na loja TIM ou atravĂ©s de outros canais de recarga on-line e nĂŁo apenas. Nesse caso, o operador ainda permitirĂĄ que os usuĂĄrios recarreguem com recargas especiais “Recarregar 5+”, “Recarregar 10+”, “Recarregar 15+”, “Recarregar 20+”, “Recarregar 30+”.

    Aqui estĂĄ a lista de todas as recargas possĂ­veis:

    Recarga CLÁSSICA

  • Recarregar a partir de 4 euros no site oficial, nas lojas e tabacarias TIM, bilheterias e bares
  • Carrega a partir de 5 euros nas lojas TIM
  • Recarga de 6 euros no site oficial, nas lojas e tabacarias TIM, bilheterias e bares
  • Recarregar a partir de 10 euros no aplicativo MyTIM e nas lojas TIM
  • Recarga de 12 euros no site oficial, nas lojas e tabacarias TIM, bilheterias e bares
  • Recarga a partir de 15 euros nas lojas TIM e no aplicativo MyTIM
  • Recarga a partir de 17 euros no site oficial
  • Recarga de 20 euros nas lojas TIM
  • Recarga a partir de 22 euros no site oficial, nas lojas e tabacarias TIM, bilheterias e bares
  • Recarga a partir de 25 euros no site oficial, nas lojas TIM e no aplicativo MyTIM
  • Recarga a partir de 30 euros nas lojas TIM
  • Recarga a partir de 50 euros no site oficial, nas lojas e tabacarias TIM, bilheterias e bares
  • Recarga de 80 euros com Satispay
  • Recarga de 100 euros com Satispay
  • Recarga de 150 euros com Satispay
  • Recarga de 200 euros com a Satispay e nas lojas TIM
  • Recarregar +

  • Recarregar 5+ de 5 € a um custo de € 5 com minutos Ă© Giga ilimitado por 24 horas e 4 € de crĂ©dito prĂ©-pago incluĂ­do
  • Recarregar 10+ de 10 euros a um custo de 10 € com minutos Ă© Giga ilimitado por 24 horas e 9 € de crĂ©dito prĂ©-pago incluĂ­do
  • Recarregar 15+ de 15 euros ao custo de 15 € com minutos Ă© Giga ilimitado por 3 dias e crĂ©dito prĂ©-pago de € 13 incluĂ­do
  • Recarregar mais de 20 de 20 euro a um custo de 20 € com minutos Ă© Giga ilimitado por 3 dias e crĂ©dito prĂ©-pago de € 18 incluĂ­do
  • Recarregar mais de 30 de 30 EUR a um custo de 30 € com minutos Ă© Giga ilimitado por e dias e crĂ©dito prĂ©-pago de € 28 incluĂ­do