A tela OLED do iPhone Xs e Xs Max é responsável por sua autonomia reduzida

iPhone XS e = iPhone XS Max

Existem muitos fatores que afetam a autonomia do iPhone, sendo o maior, segundo um relatório recente, as telas OLED no iPhone Xs e Xs Max.

De acordo com o Washington Post e contrariando a crença de que todos os produtos tecnológicos estão melhorando geração após geração, a bateria de smartphones como os novos iPhone Xs e Xs Max está se deteriorando, apesar do processador que consome menos energia e do aumento da capacidade da bateria, pelo menos por iPhone Xs Max, já que o Xs possui uma bateria com capacidade menor que o iPhone X.

Testes sobre a duração da bateria do iPhone Xs Max mostraram que ele obteve resultados piores que a bateria do iPhone X, que está no mercado há um ano. O que foi descoberto é que a autonomia de um dispositivo pode ser afetada por aplicativos que consomem muita energia e hardware exigente, mas testes mostraram que o problema com o iPhone Xs e o Xs Max é a tela OLED, que requer mais energia que um LCD.

O CEO da Qnovo, especialista em otimização de baterias, disse que as baterias estão melhorando a uma taxa lenta de até 5% a cada ano, mas o consumo de energia dos smartphones está crescendo a uma taxa de mais de 5%. Além disso, o iPhone XR, que possui uma tela LCD e uma resolução menor que as outras duas, tem melhor autonomia, de acordo com testes realizados pela página AppleInsider.