A tecnologia 3D melhora o desempenho do aluno

A “classe digital” estĂĄ se transformando O uso da tecnologia 3D nas aulas escolares aumentou 17%, de acordo com uma nova pesquisa em sete escolas de vĂĄrios paĂ­ses europeus.

Setenta e quatro alunos de escolas da França, Alemanha, ItĂĄlia, Holanda, GrĂŁ-Bretanha, SuĂ©cia e Turquia foram testados antes e depois de usar a tecnologia 3D em suas salas de aula, e seu desempenho foi comparado ao de outros estudantes que usavam apenas os mĂ©todos tradicionais<
>

ensinando e aprendendo.

Em média, 86% dos alunos da terceira série apresentaram uma melhora na pontuação dos testes em comparação com uma melhoria de 52% nos estudantes convencionais. Também foi constatado que a tecnologia 3D melhorou drasticamente o nível de atenção e concentração, pois 92% dos alunos nas aulas de 3D estavam prestando atenção na aula, em comparação com apenas 46% nas aulas tradicionais.

De fato, de acordo com a professora Anne Bamford, a tecnologia 3D parecia despertar um interesse mais amplo pelo conhecimento que as crianças aprendiam na escola, que continuavam ao longo das aulas, mesmo quando os alunos estavam fora. seus óculos 3D e ensinou à moda antiga.

AlĂ©m disso, graças Ă  tecnologia 3D, o nĂșmero e o nĂ­vel de perguntas para o professor aumentaram, bem como o grau de participação na lição dos alunos mais indiferentes e tĂ­midos, que, em outras circunstĂąncias, teriam um papel passivo.

Os experimentos, como parte da pesquisa, foram conduzidos com um curso que favoreceu a tecnologia 3D, a biologia, onde os alunos tiveram a oportunidade de ver as funçÔes do corpo humano mais vivas do que nunca. Em vez de apenas ler e ouvir sobre o coração palpitante ou ver uma imagem estĂĄtica, eles agora podiam ver o sangue fluindo atravĂ©s das vĂĄlvulas, a troca de oxigĂȘnio com os pulmĂ”es e assim por diante.

Fonte: newsbeast.gr