A Microsoft possui o Preview Build do novo navegador do iPhone

A Microsoft já se rendeu à guerra dos navegadores de desktop, mas a empresa não tem motivos para desistir de seus esforços para dispositivos móveis, onde o Microsoft Edge está constantemente melhorando tanto no Android quanto no iPhone.

microsoft-releases-preview-build-of-iphone-browser

A √ļltima vers√£o de compila√ß√£o do Microsoft Edge para iPhone vem com adi√ß√Ķes que aprimoram a experi√™ncia geral do usu√°rio do aplicativo.

Portanto, o Microsoft Edge agora está na versão 42.10 e, como a Microsoft explica, esta versão vem com um novo botão de atualização no menu principal.

Se você está se perguntando por que precisa de um botão de atualização no menu principal, está pensando na mesma coisa, especialmente porque recarregar páginas dessa maneira obviamente leva mais tempo e não é a coisa mais conveniente a ser feita em um dispositivo móvel.

A nova vers√£o tamb√©m inclui informa√ß√Ķes sobre sua conta do Microsoft Rewards na tela de configura√ß√Ķes do navegador. Comparado com o bot√£o de atualiza√ß√£o, essa adi√ß√£o √© um pouco mais √ļtil, pois mostra os pontos de recompensa da Microsoft diretamente no aplicativo. No entanto, o Microsoft Rewards √© um recurso limitado a √°reas espec√≠ficas, portanto, n√£o faz sentido oferec√™-lo a todos os usu√°rios do navegador.

Espera-se que ambos os novos recursos estejam disponíveis para todos os usuários do Microsoft Edge no iPhone nas próximas semanas, quando uma nova compilação estável estiver disponível.

Enquanto isso, a Microsoft está trabalhando duro para concluir o navegador baseado no Chromium para Windows 10 e outros sistemas operacionais de desktop. Espera-se que a Microsoft libere uma prévia da versão atualizada do Microsoft Edge nos primeiros meses de 2019, para que não demore muito para que possamos testá-lo.

Quanto √† disponibilidade do build fixo para o p√ļblico, ele provavelmente estar√° dispon√≠vel em 2019, embora a Microsoft tenha evitado fornecer qualquer per√≠odo de tempo, pois o navegador permanece em constru√ß√£o.