A maior chave de criptografia quebrou após 35 milhÔes de horas de processamento

chave

Um novo recorde mundial foi estabelecido por cientistas franceses, depois que eles conseguiram quebrar a chave de criptografia mais complexa do mundo. Nesse caso, a chave de criptografia possui 240 caracteres e Ă© 8 dĂ­gitos maior que seu antecessor. Essa chave Ă© chamada RSA-240, tem um tamanho de 795 bits e consiste em 240 casas decimais.

Para quebrar a chave RSA, os pesquisadores usaram uma rede de computadores que forneceu 35 milhÔes de horas de trabalho computacional, o que se traduz em cerca de 4.000 anos. Obviamente, esse processo não é um sinal de que as chaves de criptografia usadas para proteger nossas conversas e mensagens estão em risco. Essa chave, que os cientistas conseguiram quebrar, é muito mais fraca que as chaves de criptografia usadas para proteger nossos dados.

O que torna difĂ­cil descriptografar uma chave RSA de 240 caracteres Ă© que a criptografia de informaçÔes usando o algoritmo RSA envolve a criação de uma chave, multiplicando dois nĂșmeros primos juntos.

Os cientistas usaram uma rede de computadores na França, Alemanha e Estados Unidos para executar seus processos computacionais. O processo de cĂĄlculo do algoritmo foi uma tarefa demorada, pois levou 27 milhĂ”es de horas-nĂșcleo, enquanto a quebra do RSA-240 levou 8 milhĂ”es de horas-nĂșcleo.

Um dos pesquisadores disse depois de alcançar o novo recorde: “Fomos mais rĂĄpidos que o recorde anterior, apesar de termos calculado algo maior”.

Esse registro não é uma indicação de que a criptografia usada estå realmente ameaçada, pois as chaves RSA usadas para proteger nossos dados atingem 2048 bits de tamanho.

A criptografia é uma das ferramentas de segurança mais importantes e, com o aumento do poder da computação, os cientistas sempre devem estar preparados para garantir que as chaves de criptografia usadas diariamente permaneçam intactas.