A √ćndia n√£o permite a venda de iPhones recondicionados

A √ćndia √© uma grande aposta para a Apple, que quer apostar em um mercado t√£o grande, especialmente no momento em que as vendas de iPhones ca√≠ram pela primeira vez desde 2007. Seu objetivo era come√ßar a vender iPhones recondicionados em breve.

Dessa forma, a Apple poderia promover iPhones a preços acessíveis e atingir aqueles que comprariam seu próprio celular pela primeira vez.

Apesar de alguns dias atrás, o próprio Tim Cook visitou o país e até se encontrou com o primeiro-ministro, as autoridades decidiram não lhe dar permissão para vender iPhones reformados.

A ministra do Com√©rcio e Ind√ļstria, Nirmala Sitharaman, confirmou a not√≠cia em uma entrevista coletiva, dizendo que o governo “n√£o apoiar√° nenhuma empresa que queira vender celulares usados ‚Äč‚Äčno pa√≠s. N√£o importa quantas certifica√ß√Ķes possuam”.

Obviamente, essa √© uma decis√£o que n√£o agradar√° a Apple, que pode canalizar grandes quantidades para esse mercado. A Apple est√° procurando maneiras de chegar √†s m√£os dos usu√°rios indianos, e isso √© dif√≠cil de ser feito atrav√©s dos novos modelos, que s√£o considerados caros para a √ćndia.

Finalmente, deve-se notar que a √ćndia em geral estabelece condi√ß√Ķes estritas para a Apple. Ap√≥s a recente visita de Cook, o ministro das Finan√ßas do pa√≠s disse que se a Apple quisesse abrir lojas na √ćndia, 30% das pe√ßas teriam que ser compradas no mercado dom√©stico.

iPhone-5SE-oficial-570