A estreia do Motorola Razr desliza: muita demanda pelo smartphone flexĂ­vel

escorregar, embora aparentemente apenas um pouco, as entregas do antigo Motorola Razr smartphone prevista para janeiro de 2020. A empresa americana com este produto pretende se posicionar novamente no segmento mais sofisticado do mercado, graças ao primeiro modelo de garra construído em torno de uma tela flexível.

A Motorola esperava que as encomendas começassem no mercado norte-americano a partir de 26 de dezembro, com os embarques começando em 9 de janeiro. A empresa não especificou uma data para novos embarques, indicando que não esperava uma mudança significativa na data futura.

O deslizamento para a frente ditou, de acordo com o que foi declarado pela empresa, por um demanda do mercado superior Ă s previsĂ”es iniciais e de disponibilidade reduzida do produto. Afinal, a Motorola assumiu inicialmente que poderia começar a vender o Razr no verĂŁo de 2019, apenas para adiar o lançamento de seu novo carro-chefe no final do ano. É um dos poucos smartphones com uma tela flexĂ­vel a ser introduzida no mercado, com Samsung Galaxy Fold Ă© Huawei Mate X os outros dois modelos que surgiram no mercado nos Ășltimos meses.

A TIM serå a operadora que primeiro disponibilizarå o Motorola Razr no mercado italiano, com um custo de 1.599 euros ou uma fórmula de parcelamento (39 euros por 30 meses com uma contribuição inicial de 299 euros). Para obter mais informaçÔes sobre o Motorola Razr, consulte nosso artigo de pré-visualização, disponível neste endereço.