6 mudanças para o novo ano para melhorar sua segurança digital

digitalViolaçÔes de dados, ataques de malware e publicidade personalizada injusta marcaram o mundo digital em 2018.

À medida que as tecnologias mudam, os especialistas estĂŁo fornecendo novas informaçÔes sobre como vocĂȘ pode se manter seguro. No inĂ­cio de 2019, vocĂȘ pode seguir uma sĂ©rie de etapas simples para manter sua vida digital segura e desinformada.

  1. Defina seus limites e cumpra-os

A melhor maneira de se manter seguro Ă© estabelecer seus prĂłprios limites. Decida por si mesmo e com antecedĂȘncia quais dados vocĂȘ deseja compartilhar com aplicativos e serviços on-line e siga esses limites.

Dessa forma, quando o novo aplicativo mais recente solicitar permissĂŁo que exceda o que vocĂȘ deseja compartilhar, vocĂȘ estarĂĄ melhor preparado para responder. AlĂ©m disso, defina limites para as discussĂ”es on-line das quais vocĂȘ deseja participar. Evite uma conversa que machuca mais do que ajuda. Ainda Ă© Ăștil definir limites de quanto tempo vocĂȘ deseja gastar em sua segurança digital – o que pode ser uma tarefa sem fim.

  1. Saia do filtro dos seus filtros

As pessoas que sĂŁo informadas principalmente ou exclusivamente pelas mĂ­dias sociais realmente veem o que os vĂĄrios algoritmos decidem projetar para cada usuĂĄrio.

Devido Ă  maneira como esses algoritmos funcionam, Ă© provĂĄvel que essas pessoas vejam artigos apenas de fontes de notĂ­cias que declararam gostar deles e com os quais tendem a concordar. Esse isolamento de pessoas com outras visĂ”es e evidĂȘncias que podem provocar perspectivas especĂ­ficas contribui para nĂ­veis sem precedentes de partidarismo e dissidĂȘncia na sociedade moderna.

Ao visitar outros sites que podem nĂŁo pertencer ao que vocĂȘ gostou, vocĂȘ obtĂ©m uma visĂŁo mais abrangente dos fatos e informaçÔes mais completas.

  1. Gerencie suas senhas

A maior ameaça Ă  segurança das senhas nĂŁo Ă© mais sua validade, mas o fato de muitas pessoas reutilizarem as mesmas senhas para todas ou muitas de suas contas. Os pesquisadores enviam notificaçÔes para que vocĂȘ saiba quando uma dessas senhas reutilizĂĄveis ​​vazou, mas Ă© mais seguro usar senhas diferentes, especialmente para as suas contas mais valiosas.

VocĂȘ pode usar o software de gerenciamento de senhas. Ou use o mĂ©todo clĂĄssico, escrevendo as senhas no papel. Acredite ou nĂŁo, Ă© muito mais seguro escrever um cĂłdigo do que usar o mesmo cĂłdigo em qualquer lugar. Obviamente, isso sĂł se aplica se vocĂȘ tiver certeza de que as pessoas com quem vocĂȘ mora ou seus visitantes frequentes nĂŁo tentarĂŁo acessar suas contas.

  1. Ativar autenticação multifator

Adicionando uma etapa extra para conectar-se Ă s suas mĂ­dias sociais mais importantes, seus e-mails e suas contas financeiras, vocĂȘ verĂĄ uma grande diferença na proteção. Sabe-se que os sistemas de autenticação multifatorial enviam um cĂłdigo de seis dĂ­gitos, via mensagens, que vocĂȘ pode digitar como parte do processo de conexĂŁo. Embora qualquer autenticação multifatorial seja melhor do que nĂŁo ter, as mensagens de texto podem ser facilmente rastreadas. Uma rota ainda mais segura Ă© usar um aplicativo de criação de cĂłdigo especial no seu telefone.

As pessoas que trocam frequentemente de telefone ou cartão SIM ou que desejam proteção extra também podem usar uma chave física, conectada ao computador para permitir a conexão.

  1. Excluir aplicativos que vocĂȘ nĂŁo usa

Os aplicativos de smartphone monitoram sua localização e compartilham seus dados com empresas de publicidade e marketing.

Simplesmente carregar um telefone celular no bolso pode fornecer Ă s empresas de vigilĂąncia informaçÔes sobre onde vocĂȘ estĂĄ indo e quanto tempo fica lĂĄ, e detalhes tĂ©cnicos sobre o telefone podem fornecer pistas sobre sua identidade.

Se vocĂȘ nĂŁo usa mais um aplicativo, desinstale-o do telefone. Se vocĂȘ precisar novamente, sempre poderĂĄ instalĂĄ-lo novamente.

  1. Mantenha os aplicativos que vocĂȘ usa atualizados

As empresas de software nem sempre conhecem todas as vulnerabilidades em seus programas – e quando lançam atualizaçÔes, os usuĂĄrios nem sempre sabem se estĂŁo solucionando um problema maior ou menor. O principal conselho dos especialistas Ă© manter o software atualizado em seus computadores e dispositivos mĂłveis.

Vamos esperar que em 2019 seja um ano mais seguro para a segurança digital!