[╬ŤÇ╬┐╬║╬╗╬Á╬╣¤â¤ä╬╣╬║¤î] Ataque sem precedentes no perfil de usu├írios gregos no Facebook!

Um ataque em massa sem precedentes aos usu├írios gregos do Facebook ocorreu, de acordo com informa├ž├Áes compartilhadas no SecNews. Segundo o leitor an├┤nimo que nos enviou os detalhes do ataque, um hacker com o apelido “Vib3s” conseguiu obter senhas para mais de 200 perfis de usu├írios gregos do Facebook. Alguns desses perfis foram alterados pelas postagens de fotos postadas pelos usu├írios. O ataque ocorre algumas horas ap├│s a fraqueza <ÔÇŽ>

foi encontrado no Facebook por pesquisadores e permite o acesso a fotos que foram classificadas pelo usuário como privadas (uma fraqueza que foi usada contra o perfil do fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, levando ao vazamento de suas fotos pessoais na internet).

O hacker apelidado de “Vib3s” postou a mensagem sobre como ele atacou os usu├írios:

Em sua mensagem ele menciona

Kalhspera sas filoi mou.O titlos ths epikefalidas dn apexei katholou yan toma tu minimatos autou. Voc├¬ pode encontrar outros artigos como este em outros pa├şses, mas n├úo h├í outros artigos, prostasia de estanho pou mas parexun ou diafores etairies etairies me polos tomhs alla kai tis kiniseis mas pou an an mh allo einai simantikikoresres … Para … ypologist com antiv├şrus, bloqueadores de pop-up, anti-spyware e ktlp, mas n├úo oferece nenhum tipo de “zwa” kai xrisimopoioume para senha de senha nome de usu├írio kai nome de usu├írio gia opoiadipote morfh formas sto diadiktio … Autos pou ftaiei tis perissoteres fores einai or idios mas or eautos kai or epiloges mas. ! Para telefonar para obter mais informa├ž├Áes sobre o que ├ę poli e quais s├úo os outros nomes de m├şdia “Censura na Internet”, clique aqui para saber mais sobre o que ├ę esse telefone e quais s├úo suas opini├Áes e opini├Áes. Frontizume gia auto ou kathenas gia tin asfaleia tu kai sinama gia tin koinh asfaleia kai tin eleutheria mas! Mia mikri eisagwgh wste na proxwrisume sto kirios thema. Altere a descri├ž├úo para Post postado em euresh proswpikwn dedomenwn xrhstwn to Facebook. H egesei egine meso 3ou site pou or mia sxesh me exe no Facebook, to latice xekinise apo tus xrhstes tu site pou thewrhsan oti einai kalh idea xrisimopoieis to idis login login, gia na min anaferthw stis domes to sygekrimenou site … pou xrisimopoihthike is apla to “Password Guessing” (Adivinhar senha) “kai yan oti fainetai epesa kata poly mesa”.

Em seguida, ele lista v├írios c├│digos (como prova de amostra) do acesso bem-sucedido que ele fez aos perfis de usu├írios inocentes. Os c├│digos foram deliberadamente ocultos pela equipe editorial da SecNews, mas est├úo ├á nossa disposi├ž├úo como evid├¬ncia dos dados do hacker. Veja a captura de tela relevante:

Segundo o “Vib3s”, ele tem acesso a mais de 200 contas do Facebook, enquanto as anunciadas s├úo uma amostra pequena, mas representativa.

Usando os c├│digos que o Vib3s desenhou, passou a alterar o perfil de usu├írios espec├şficos, colocando a seguinte imagem:

Um exemplo do ataque pode ser visto visitando os seguintes perfis com capturas de tela fornecidas pelo pr├│prio hacker, enquanto ele tamb├ęm informa sobre seu status profissional (CEO):

Em rela├ž├úo ao ataque, o Vib3s fecha a mensagem com um v├şdeo:

“por ib Vib3s .. ::: [email protected] ::: .. ~ /
Cena de hackers gregos
Kai om ta paradisenia ourania pou dhmiourghsatai me to kopo ftanun sto telos tous … http: //www.youtube.com/watch? V = 3gNq_rHj9I8 “”

O ataque ocorreu aos usu├írios, de acordo com o Vib3s, porque eles usavam senhas compartilhadas em suas contas em v├írias redes sociais ou sites diferentes. O Vib3s, portanto, obteve acesso a outro site (que n├úo o Facebook) e usou os c├│digos que desenhou para obter acesso e, finalmente, alterar os perfis de usu├írio. ├ë importante observar que invadir as contas de censura da Internet, que s├úo muito comuns, n├úo ajuda a lidar com esses incidentes, o que ├ę completamente consistente conosco.

De particular interesse ├ę sua refer├¬ncia a formas de prote├ž├úo. ├ë comum constatar que, qualquer que seja a medida tomada (antiv├şrus, antimalware, firewalls etc.), o link mais fraco ├ę e sempre permanecer├í o ser humano, e esse ├ę agora o fator mais importante analisado pelos especialistas em seguran├ža ao escrever suas pol├şticas de seguran├ža para: salvaguarda bem-sucedida de sua infraestrutura.